Recuperação de Crédito Tributário – é possível economizar com impostos?

Recuperação de Crédito Tributário

Recuperação de Crédito Tributário – é possível economizar com impostos?

Muitos empreendedores se perguntam sobre a possibilidade da recuperação de crédito tributário. 

A resposta mais simples e curta é: sim, você pode recuperar o que gastou com impostos!

Mas, para isso, é preciso seguir algumas regrinhas. A Receita Federal está de olho, e se você quiser recuperar o que já gastou e economizar no futuro, precisará de ajuda.

  • Do apoio de um contador com experiência em recuperação de crédito;
  • De uma análise do histórico tributário da sua empresa;
  • Entender o que leva ao pagamento de impostos a maior;
  • Trabalhar de forma estratégica ao lado do seu contador.

Esse é um resumo de tudo que precisará ser feito para conseguir o seu dinheiro de volta. Abordamos esse assunto em mais detalhes a seguir. Confira!

O que é a Recuperação de Crédito Tributário?

Ela consiste na recuperação dos valores que foram destinados ao pagamento de impostos a maior. Ou seja, quando a sua empresa paga impostos em excesso!

Você pode utilizar os créditos tributários recuperados para pagar alguns impostos. Basicamente, você não precisará pagar certos impostos por algum tempo, pois os créditos que a sua empresa possui serão utilizados.

Mas, você não pode simplesmente parar de pagar impostos. Isso é crime, e a Receita Federal precisa autorizar a utilização dos créditos tributários.

Quer saber como isso acontece? Continue lendo!

Por que você paga impostos a maior 

Algumas brechas na legislação e a falta de compreensão sobre a complexidade da lei são alguns dos motivos pelos quais esse pagamento excessivo pode acontecer.

Existe uma lista de impostos aos quais a sua empresa pode não estar sujeita. Pagá-los caracteriza o pagamento a maior. Por isso, se você desconfia que não deveria estar pagando qualquer um deles, precisa solicitar uma análise o mais rápido possível!

  • COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido);
  • FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) – multa dos 10% em demissões sem justa causa;
  • ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços);
  • ICMS – Contas de energia elétrica;
  • ICMS – Substituição Tributária;
  • INSS (Instituto Nacional da Seguridade Social) sobre verbas indenizatórias – nos casos de demissão sem justa causa;
  • IOF (Imposto sobre Operações Financeiras);
  • IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados);
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica);
  • ISS (Imposto sobre Serviço);
  • PIS (Programa de Integração Social).

Como solicitar a Recuperação de Crédito Tributário

No começo do texto, citamos que você precisa de um contador com experiência, lembra? Isso tornará o processo mais ágil. 

A contabilidade que cuida da sua empresa precisará realizar uma análise do seu histórico tributário e entender quais impostos você já pagou ao longo da existência do negócio.

Esse é o primeiro passo! A partir daí, o contador levanta quais impostos não deviam ter sido pagos pela sua empresa e que podem gerar créditos recuperáveis. Se for constatado que você possui créditos a receber, o contador deverá emitir uma solicitação à Receita Federal.

Pode até levar algum tempo para a Receita autorizar o pedido, mas o órgão simplesmente não pode negar o que é seu por direito. Ainda assim, é muito raro recuperar o que foi pago em dinheiro. Normalmente, a Receita disponibiliza um crédito que pode ser usado para pagar os impostos.

Assim, é como se a sua empresa ficasse “isenta” por um certo tempo, até que o débito que a Receita tem com você termine. A partir daí, o pagamento de impostos volta ao normal – inclusive, podendo gerar novos excessos.

Como evitar pagar mais que o necessário em impostos?

É mais simples do que você imagina! O pagamento de impostos correto é algo que o Planejamento Tributário permite ao empresário.

Planejar o futuro do seu negócio requer entender exatamente qual o melhor sistema tributário para se encaixar, visto que podem existir possibilidade mais ou menos lucrativas!

Não é qualquer regime tributário que pode ser aplicável à sua empresa. Tudo depende de uma série de fatores, e somente o contador pode determinar qual o mais adequado.

Alguma dúvida de que o contador será um parceiro estratégico na sua empresa?

Conte com a Scont Soluções Contábeis para resolver tudo isso. Fica muito mais fácil gerir os seus negócios e desenvolver um planejamento tributário eficiente com a ajuda de quem entende do assunto.

Somos uma Contabilidade em Águas Claras, Distrito Federal. Conheça nossa sede e tenha tudo que você precisa para administrar sua empresa com tranquilidade e segurança.

Um abraço, sucesso e até logo! Em caso de dúvidas, entre em contato conosco ou deixe seu comentário. Queremos te ouvir! 

No Comments

Post A Comment

×